Polícia

Prosseguem investigações sobre roubo de computadores de órgãos públicos

A delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e contra a Administração Pública, Lusia Machado, está neste momento na Secretaria de Estado de Educação (Seduc), apreendendo documentos que possam ajudar na investigação do desaparecimento de computadores do almoxarifado da Secretaria. Desta vez, a delegada cumpre um mandado de busca e apreensão de processos licitatórios realizados em 2005 e 2006.

A investigação foi realizada após registro de Boletim de Ocorrência feito pela própria Seduc, há quase dois meses, após o desaparecimento de vários equipamentos do antigo Departamento de Material e Patrimônio, como computadores, freezers, carteiras, cadeiras, cartuchos e arquivos, entre outros.

Na semana passada (dia 09), foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão, inclusive no almoxarifado e setor de informática da Seduc, além de residências e empresa do ramo de informática. Um deles foi feito na própria Seduc, na Superintendência Adjunta de Tecnologia da Informação (Sati) e outros oito em residências e empresas de Cuiabá.