Polícia

Presos dois acusados de matar agrônomo com cinco tiros no Nortão

A Polícia Civil em Colíder (160 km de Sinop) prendeu, hoje, por ordem judicial, dois homens, de 22 anos, acusados de envolvimento no assassinato do agrônomo Vinícius Augusto de Souza, 26 anos, ocorrido em dezembro do ano passado. As prisões são temporárias. Um foi preso em Colíder e outro em Itanhangá (360 km) e tem “passagens por tráfico de drogas e homicídio qualificado”.

O delegado Eugênio Rudy Junior informou que, antes de requisitar a justiça as prisões, eles foram interrogados na delegacia e, depois, um fugiu de Colíder. Na operação de hoje, em Itanhangá, o suspeito tentou fugir e, na perseguição a ele, um dos investigadores foi atacado por um cachorro, teve ferimentos, foi medicado e passa bem.

O delegado informou que as investigações prosseguem para identificar o envolvimento de outras pessoas no crime. Vinícius  estava em uma lanchonete, no centro de Colíder, quando os executores chegaram a uma motocicleta e logo atiraram. Ele correu, tentando se proteger em uma farmácia, próxima à lanchonete, mas foi alcançado pelos atiradores que ainda dispararam outra vez. O agrônomo levou cinco tiros.

A polícia não informou a motivação da execução e prossegue as investigações. Vinicius foi sepultado em Colíder.

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)