Polícia

Preso mais um suspeito de envolvimento no latrocínio de sargento da PM em Sinop 

O homem, de 24 anos, foi preso, ontem à noite, em uma residência no bairro Jardim Paulista. Aos policiais militares, ele confessou participação no latrocínio contra o terceiro sargento da reserva da Polícia Militar, Ercílio Rocha Cândido, de 56 anos, encontrado morto no último domingo, no interior de uma Toyota Hilux, na estrada Clotilde (cerca de dois quilômetros da MT-423, que liga Sinop-Cláudia).

Segundo o boletim de ocorrência, o homem apontou aos militares que o planejamento do crime partiu do outro suspeito, de 25 anos, que foi preso pelo Grupo de Apoio da PM, sábado (inicialmente por porte ilegal de arma de fogo, com a arma do militar, e depois confessou o crime).

Ainda de acordo com o registro policial, quando a guarnição chegou no local que estava, deu voz de prisão e o suspeito não obedeceu. Foi necessário uso de força moderada para conseguir o algemar, e em seguida encaminhar à delegacia de Polícia Civil.

Conforme Só Notícias já informou, na versão deste primeiro preso, Damião Ribas, de 49 anos, morto a tiros, domingo à tarde, no bairro Camping Clube, também teria participação no latrocínio. Esta versão, no entanto, ainda é investigada pela Polícia Civil.

No boletim de ocorrência de sua prisão, alegou que o objetivo era roubar a Toyota Hilux. O suspeito de 24 anos, que conhecia o Ercílio, detalhou que sábado foi até sua residência na chácara, na estrada Clotilde, para distraí-lo, enquanto os outros dois envolvidos o dominariam para o roubo.

O militar fazia um churrasco com o criminoso, quando foi rendido com uma faca e amarrado no sofá da sala. O homem ainda relatou que na sequência houve o assassinato, com golpes de barra da ferro (o Corpo de Bombeiros informou que também havia marcas de tiro na cabeça e tórax do militar). Em seguida, colocaram o corpo de Ercílio na caminhonete e tentaram fugir.

No entanto, durante a fuga, o criminoso que dirigia o veículo perdeu o controle da direção e tombou em uma vala, às margens da estrada Clotilde. Neste momento, abandonaram a Hilux, com o corpo, e fugiram para a mata, até ele ser pego pelo GAP.

O sargento foi sepultado segunda-feira em Sinop. Ele ingressou na PM em 1986. Em nota, o 3º Comando Regional lamentou o falecimento do militar que “com o seu esforço e dedicação muito contribuiu para a consolidação das ações desenvolvidas pela Polícia Militar na região”.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo pessoal)