Polícia

Preso em RO ex-policial acusado de executar advogada no Nortão

Foi preso, hoje de manhã, em Rolim de Moura (RO), o ex-soldado Valtencir Costa (Dudu), acusado de matar com três tiros, a advogada Andrea Carvalho, no escritório em que ela trabalhava, em Tabaporã (150km de Sinop). Só Notícias obteve a confirmação com a delegacia de Rolim de Moura e com o comandante Regional Norte, coronel Elierson Metelo.

A polícia ainda não informou as circunstâncias da prisão de Valtencir, que estava foragido há quase dois meses. Ele foi localizado pelo GAECO – Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado – e vai ser recambiado para Mato Grosso, mas ainda não foi informado se irá para um presídio na capital ou em Sinop. Quando teria cometido o crime, Valtencir era soldado, mas como desapareceu e testemunhas apontaram como sendo homicida, ele é considerado desertor.

Relembre o caso
Andrea foi assassinada no dia 16 de abril. A perícia constatou, durante as investigações, que os projéteis que atingiram Andréa têm as mesmas características dos encontrados dentro da caminhonete do ex-soldado. Na fuga, ele acabou capotando e abandonando o veículo. Testemunhas também informaram que viram o ex-policial entrando e saindo do escritório de Andréa, na tarde em que ela foi morta.

O motivo do crime pode ter sido vingança. Andrea tinha sido contratada pela ex-mulher do soldado para o processo de separação de corpos e a Justiça concedeu liminar favorável, em que Valtencir foi condenado a pagar pensão alimentícia.