Polícia

Presídio de Sinop deve ficar pronto em dois meses

80% das obras do presídio de Sinop estão prontas e devem ser concluídas em dois meses. As obras estão em ritmo acelerado. Só Notícias esteve ontem acompanhando os trabalhos de aproximadamente 100 homens da empreiteira que está construindo o presídio, próximo a substação do Linhão, a 12 km do centro de Sinop. São várias equipes que estão trabalhando na parte interna e externa. As grades e portões de ferro das celas estão sendo soldadas. Outra equipe trabalha na parte externa, no setor de segurança, e os muros -com mais de 15 metros de altura- estão praticamente prontos.

O presídio terá capacidade para 300 detentos. Possui uma área de 9 mil metros quadrados de construção, com 40 celas coletivas, para abrigar 16 presos cada, 16 celas individuais e 9 para isolamento. Também possui quadras de esporte, salas para aulas, espaço para visitas e salas de encontro íntimo, além de uma área, que ficará separada, para a parte administrativa. Nas paredes laterais do presídio, também foram construídas passarelas com guaritas para o policiamento, que permitem uma visão geral de todo os espaço.

Lucio de Melo Filho, engenheiro responsável pela obra do presídio, disse ao Só Notícias que a construção está dentro do prazo esperado, embora houve um pequeno atraso “devido ao excesso de chuvas neste ano, prejudicando o trabalho por quase dois meses, motivo que não possibilitou a inauguração este mês como previsto anteriormente”.

R$ 12 milhões estão sendo investidos no presídio. A maior parte dos recursos é do Governo Federal. Estado e município são parceiros nesta obra que resolverá um grande problema no setor de segurança na região que é a super lotação nas cadeias de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde e outras cidades. Com o presídio, a cadeia sinopense, que hoje está em um local impróprio – no centro da cidade-, tem uma frágil estrutura de segurança, deve ser desativada.