Polícia

Presa outra quadrilha que roubava dinheiro pela internet

A Polícia Federal realiza hoje (13) operação para prender uma quadrilha especializada em invadir contas bancárias por meio da internet. Cerca de 150 policiais participam da operação, chamada de Valáquia, que está sendo realizada em Teresina (PI), Campo Maior (PI) e Codó (MA).

Segundo a assessoria de comunicação social da Polícia Federal, foram expedidos “diversos” mandados de prisão e 27 de busca e apreensão. As investigações da PF começaram há cerca de seis meses a partir de denúncias de clientes, especialmente da Caixa Econômica Federal, que tiveram saques fraudulentos em suas contas.

As senhas bancárias eram capturadas pela internet por programas conhecidos como spywares. Ainda de acordo com a assessoria da PF, os estelionatários enviavam também mensagens a sites de relacionamento, como orkut, contendo arquivos espiões.

Após capturar a senha, os estelionatários transferiam os valores para contas de “laranjas”, que emprestavam seus cartões e recebiam, em troca, até R$ 500.

O nome da operação é uma alusão à região que teria sido governada pelo personagem histórico que deu origem ao mito do Conde Drácula. Os investigados, segundo a PF, agem como vampiros que sugam dinheiro das contas das vítimas.