Polícia

Prefeitura e PM apagam “código de conduta” pichado por facção criminosa em Lucas do Rio Verde

Diversas pichações no bairro Tessele Junior foram removidas, esta tarde, com apoio da secretaria municipal de Segurança e Trânsito de Lucas do Rio Verde. A ação foi encabeçada por oficiais da Polícia Militar, porém a pasta municipal colaborou com as tintas e mão de obra.

De acordo com a PM, as pichações são recorrentes naquela localidade. Esta foi a quarta vez em que os agentes solicitaram a cobertura das frases pintadas em vermelho pelos muros de residências do bairro. 

A corporação apontou que as ações de vandalismo são executadas por supostos integrantes de uma facção criminosa, apresentando um “código de conduta” a ser seguido no bairro. “É uma forma de tentar intimidar a população e os órgãos de segurança, mas enquanto continuarem pichando vamos continuar pintando. O bairro é da população e não desses marginais”, declarou o policial militar, Tenente Peixoto.

Os militares ressaltaram que a população pode denunciar as pichações, inclusive de forma anônima. Pichar prédios públicos ou privados é considerado vandalismo e crime ambiental. A pena varia de 3 meses a 1 ano de detenção e multa para quem for pego pichando.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)