Polícia

Prefeito e mais 3 são presos com armas e animais abatidos no Médio Norte

O prefeito de Nova Marilândia (260 quilômetros de Cuiabá), Juvenal Alexandre da Silva, de 73 anos e mais três homens foram presos, ontem à noite, pela Polícia Ambiental, na estrada que dá acesso à comunidade São Mateus. Na Toyota Hilux que eles estavam foram localizadas uma espingarda calibre 20, com dois cartuchos intactos e uma 36, além de um revólver 38, com seis munições, um rifle 22, com carregador municiado. Na carroceria estavam duas pacas abatidas embaladas em plásticos.

Os quatro foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Nova Nortelândia (149 quilômetros de Cuiabá). A delegada responsável pelo caso, Angelina Andrade Ticianel, informou, em entrevista, ao Só Notícias, que pelo fato dos crimes ultrapassarem pena de 4 anos, não coube fiança (ao prefeito).

Segundo a assessoria da Polícia Militar, no momento da prisão o gestor de Nova Marilândia alegou ter registro da arma, mas não possuía a documentação. Os policiais foram ainda até uma balsa, onde encontraram produtos usados na prática de caça de animais silvestres, além de lanternas, redes e facões. Os homens não assumiram serem donos dos animais mortos.

Outro lado
Procurado por Só Notícias, o advogado dos suspeitos, Edvaldo de Sá Teixeira, informou, que a justiça autorizou liberdade de um deles e “para os outros estabeleceu fiança de R$ 3,5 mil. É aguardado o recolhimento do dinheiro para eles serem postos em liberdade. Já no caso do prefeito foi pedido liberdade pela prerrogativa de foro feito ao desembargador Gilberto Giraldelli, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso”.

Só Notícias/David Murba (foto: assessoria)