Polícia

Policiais, IPEM e Procon apreendem 28 mil metros de fios e cabos de má qualidade em Mato Grosso

A ação integrada foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso e Procon Estadual resultou, ontem, na apreensão de fios e cabos de má qualidade durante fiscalização em empresas de materiais para construção.

O trabalho em conjunto faz parte da operação nacional “Energia Segura” e teve como objetivo de fiscalizar a qualidade dos fios e cabos para a eletricidade expostos à venda pelos comerciantes.

A operação nacional é coordenada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Em Cuiabá e Várzea foram vistoriados nove estabelecimentos comerciais, sendo em seis deles apreendidos fios e cabos de má qualidade expostos à venda.

Durante as fiscalizações apreenderam 28 mil metros de fios e cabos para eletricidade, que foram reprovados nos testes realizados pelo Ipem. Entre as irregularidades encontradas foram: a exposição à venda de marcas sem registro no Inmetro, com o registro e logomarca do Inmetro falsificados, produtos com registro ativo no Inmetro e o selo do órgão nas suas embalagens, mas que estavam fora da norma por apresentarem resistência superior à máxima permitida pela legislação.

Todos os fios e cabos de eletricidade reprovados foram recolhidos pelo Ipem de Mato Grosso e o Inmetro será informado dos resultados dos testes para cassar o registro das marcas reprovadas.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)