Polícia

Policiais deflagram operação Fraudator em prefeitura no Nortão e prendem servidor

Policiais civis de Guarantã do Norte deflagram, há pouco, a operação Fraudator, em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop). O delegado regional da Policia Civil, Geraldo Gezoni Filho, confirmou, ao Só Notícias, que a operação investiga o envolvimento de servidores da prefeitura em um esquema de venda de lotes públicos, loteamento irregular, associação criminosa, inserção de dados falsos em sistema de informação e estelionato.

“Um servidor está preso temporariamente (cinco dias). Será cumprindo apenas esse mandado de prisão. Fizemos buscas na casa de outros dois servidores. Também houve busca na sede da prefeitura, no setor de Engenharia e na Tributação”, disse Filho.

Ainda de acordo com o delegado, o servidor preso é fiscal do setor de tributação. Além disso, também já foram apreendidos dois computadores que serão analisados.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) acompanha a operação e auxilia os policiais na apreensão de equipamentos e documentos.

Outro lado
Em nota, a prefeitura de Peixoto de Azevedo informou que as investigações vem sendo feitas anos anteriores, não tendo ligação com a atual administração. Além disso, o Executivo está colaborando e apoia qualquer tipo de investigação e ações que venham esclarecer denúncias.

 

 

 

Só Notícias/Cleber Romero (fotos: José Carlos - atualizada às 11h10)