Polícia

Policiais de Mato Grosso reforçam operação que interceptou avião com 450 kg de cocaína avaliada em R$ 8,5 milhões

Os policiais militares do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso participaram, ontem à tarde, de uma operação integrada com a Polícia Federal, Grupo de Radiopatrulha Aérea de Goiás (Graer), Polícia Militar de São Paulo e Força Aérea Brasileira (FAB), que apreendeu um avião modelo Piper Navajo carregando cerca de 450 quilos de pasta base de cocaína, no aeroporto de Fernandópolis (SP). A droga está avaliada em mais de em R$ 8,5 milhões. Dois homens que estavam na aeronave foram presos.

Durante fiscalização de rotina, após interceptar aeronave sem plano de voo sobrevoando o espaço aéreo em Mato Grosso, caças tucano da FAB determinaram seu pouso. A ação envolveu duas aeronaves A-29 Super Tucano, além de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Sisdabra).

Ainda de acordo com a assessoria da FAB, a aeronave suspeita foi classificada como tráfego aéreo desconhecido e passou pelos procedimentos de interrogação e acompanhamento até o pouso, tudo sob a coordenação do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE).  Após o pouso, a Polícia Federal e a Polícia Militar local assumiram as ações.

A suspeita é de que o avião teria saído do Pará, pousado para carregar o entorpecente em Mato Grosso e decolado em seguida. Os suspeitos e os bens apreendidos foram encaminhados à delegacia de Polícia Federal em Jales (SP). Os presos devem responder por tráfico internacional. As investigações vão apurar qual o destino da droga.

No mês passado, os policiais de Gefron também participaram da operação integrada com a Polícia Federal, Polícia Militar do Amazonas e Força Aérea Brasileira  que resultou na interceptação de uma aeronave e obrigada a fazer pouso forçado no aeroporto de Porto Urucu, em Coari (438 quilômetros de Manaus). Ele estava levando 418 quilos de pasta base de cocaína, avaliados em R$ 5,8 milhões.

 

 

Redação Só Notícias (fotos: assessoria - atualizada às 10h45)