Polícia

Polícia reforça investigações para prender assassino de mãe e filha em Sinop

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso montou uma força-tarefa em Sinop para desvendar o assassinato de mãe e filha ocorrido ontem à tarde.
Uma equipe da Delegacia de Homicídios chefiada pelo diretor de Interior da Polícia Civil, Wilson Leite, foi deslocada ontem mesmo para Sinop para ajudar nas investigações, que são conduzidas pela delegada regional Fátima Moggi. Delegados e agentes civis das cidades vizinhas a Sinop também foram convocados.

A informação é do diretor-geral da Polícia Judiciária Civil, José Lindomar Costa. Segundo ele, todo o esforço será concentrado para descobrir a autoria do crime, e a força-tarefa ficará em Sinop até que o caso seja esclarecido.

A dona de casa Silvia Bertolazi e sua filha, Renata, de 12 anos, foram mortas na casa delas, no bairro Jardim Botânico, a golpes de martelo e facadas. Outro filho de Silvia, de 5 anos, também levou um golpe na cabeça, mas foi socorrido e passa bem. Ontem mesmo foram realizadas as perícias nos corpos das vítimas e também na cena do crime.

Renata era filha de um policial da delegacia municipal em Sinop