Polícia

Polícia Federal prende em Sinop gerente estadual Ibama e cumpre vários mandados

A grande operação feita pela Polícia Federal em Sinop neste momento resultou na prisão do gerente executivo do Ibama – Instituto Brasileiro de Meio Ambiente- Hugo Werle. Ele estava em um hotel no centro de Sinop quando foi preso. Uma fonte de Só Notícias informou que há um mandado de prisão expedido pela Justiça Federal. As suspeitas são de corrupção e fraude. Vendas de notas frias e desmatamentos irregulares também estão sendo investigadas pela Justiça. Hugo Werle estaria sendo interrogado por um delegado da Federal.

O ex-chefe do Ibama em Sinop Guilherme Lima também está preso. Os federais chegaram na casa dele, no centro da cidade, por volta das 07:00hs. Guilherme ainda estava dormindo e foi acordado pelos agentes, que estavam fortemente armados.
Na casa dele foram apreendidos papéis, uma espingarda calibre 12 e uma moto serra.

Mais de 80 mandados de prisão estão sendo cumpridos em Sinop. Em Alta Floresta agentes também estariam fazendo prisões.
Segundo a PF, as investigações procuram irregularidades desde 1.990. São 431 empresas que extrairam irregularmente quase dois milhões de metros cúbidos de madeira. Os fiscais chegavam a vender guias de extração de madeira em branco para que madeireiros pudessem extrair e transportar quantidades indeterminadas do produto. A madeira retirada era levada para outras partes do país e para o exterior.

A assessoria do Ministério do Meio-Ambiente informou que serão exonerados três gerentes executivos do Ibama em Mato Grosso e serão afastados três servidos de carreira, todos suspeitos de participar do esquema.