Polícia

Polícia Federal faz em Sorriso e Lucas do Rio Verde operação “Mãe Terra”; crime rendeu R$ 154 milhões

A Polícia Federal deflagrou, esta manhã, a operação Mãe-Terra, cumprindo quatro mandados de busca e apreensão, sendo três em residências e empresas em Sorriso e um em Lucas do Rio Verde para provas para instruir o inquérito policial instaurado para apurar crime de importação e comercialização ilegal de agrotóxicos de origem estrangeira.

O delegado da PF em Sinop, Samir Zugaib, confirmou ao Só Notícias, que um homem foi preso em Sorriso e uma quantidade de agrotóxico contrabandeada apreendida. Todos os mandados foram cumpridos e policiais apreenderam cadernos com anotações e celulares.

As ordens foram expedidas pela Justiça Federal de Sinop. As investigações iniciaram a partir de denúncias que apontavam um dos suspeitos como um dos principais contrabandistas de agrotóxicos de Sorriso e região. Além disso, em fiscalizações realizadas pelo ministério da Agricultura já foram identificados agrotóxicos ilegais em propriedades rurais atribuídas aos investigados.

Informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras confirmaram a existência de grande movimentação bancária suspeita na conta dos investigados. A partir de informações obtidas com a quebra de sigilo bancário autorizada pela Justiça Federal, foi possível identificar que os suspeitos de comercializar fertilizantes ilegalmente importados movimentaram, em apenas dois anos, R$ 154 milhões dos quais, grande parte, sem identificação de origem e destino, e também, para pessoas que já responderam pelo crime de transporte e uso ilegal de defensivos agrícolas, informa a PF.

As investigações objetivam determinar quem são os fornecedores nos países fronteiriços, a estrutura logística utilizada para o transporte, e os destinatários punida com pena de 02 a 04 anos de reclusão, e multa, dentre outros crimes que serão apurados no curso das investigações.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

Redação Só Notícias (foto: assessoria - atualizada 08:58h)