Polícia

Polícia Federal consegue prender irmão do presidente da AMM

A Polícia Federal ainda tenta recapturar 14 pessoas no âmbito da “Operação Sanguessuga”, mas conseguiu cumprir nesta sexta-feira mais um mandado de prisão, contra José Wagner dos Santos, irmão do presidente da Associação de Municípios do Mato Grosso.

A PF já recapturou 30 sanguessugas envolvidos na compra superfaturada de ambulâncias com dinheiro do Orçamento da União. O ex-deputado Ronivon Santiago ainda não se entregou nem foi localizado.

Os suspeitos haviam sido soltos após decisão do TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região. Anteontem, no entanto, a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Ellen Gracie, revogou a decisão.

O dono da Planam, Darci José Vedoin, foi um recapturados pela Polícia Federal. A ex-servidora da Saúde Maria da Penha Lino –que repassou uma lista com o nome de 283 parlamentares suspeitos– também voltou a ser presa pela PF.

O ex-deputado Carlos Rodrigues se apresentou anteontem à noite espontaneamente. Também foram presos Cleia Trevisan (mulher de Darci Vedoin), Alessandro Silva de Assis (representante comercial da Planam), Alessandra Trevisan Vedoin (ligada à Planam), entre outros.

Dos sanguessugas recapturados, 23 já estão em Cuiabá (MT) e sete ainda estão na sede da PF em Brasília.