Polícia

Polícia e Exército desbloqueiam rodovia em Mato Grosso e prendem indígenas que cobravam pedágio

A Polícia Federal desbloqueou esta manhã, em operação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal e o Exército, a BR-364, em Comodoro (660 km da capital) onde indígenas da etnia Nambikwara faziam bloqueo e cobravam “pedágio” há mais de 40 dias. Cerca de 120 policiais, incluindo a equipe de choque da PRF, foram mobilizados para a operação Via Líbero, com apoio de helicóptero e ambulâncias. Nos primeiros instantes da operação, alguns indígenas foram detidos e veículos apreendidos, sendo encaminhados à delegacia de Polícia Federal em Cáceres, onde foi instaurado o inquérito policial que deu origem à operação.

Foram cumpridas duas decisões judiciais da 1º Vara da Justiça Federal de Cáceres para, além da liberação do tráfego, prender preventivamente 15 indígenas, bem como a realização de buscas e apreensões e remoção de todo material utilizado exclusivamente para cobrança ilegal do pedágio. Ainda será divulgado balanço com a quantidade de prisões.

 

"A operação tornou-se necessária em razão da ocorrência de diversos crimes decorrentes da cobrança de ilegal do pedágio, a qual, por si só, configura o crime de extorsão. Além disso, os ânimos entre os indígenas e a sociedade local tem aumentado nos últimos dias e, sem uma ação estatal, crimes mais graves poderiam ocorrer em razão de um conflito iminente", informa a assessoria da PRF.