Polícia

Polícia de Mato Grosso procura fugitivos de presídio em Rondonópolis

Oito homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) e 16 investigadores da Polícia Judiciária Civil de Cuiabá se dirigiram para o município de Rondonópolis (220 km ao Sul de Cuiabá) para auxiliar nas investigações e recaptura dos fugitivos do presídio Mata Grande. Os presos fugiram por volta das 2h30 desta quarta-feira (13.06) por meio de um túnel.

O delegado regional de Rondonópolis, João de Moraes Pessoa Filho, está acompanhando pessoalmente as investigações. Além da Delegacia Regional, o efetivo das delegacias de Juscimeira, Jaciara Guiratinga, Itiquira, Campo verde, Dom Aquino, Poxoréu, Primavera do Leste e Paranatinga também está concentrado nas investigações e buscas.

De acordo com o comandante regional, coronel Pedro Sidney Figueiredo, a Polícia Militar está realizando um intenso trabalho com reforço do efetivo local e do Batalhão de Operações Especializadas (BOPE). O helicóptero da PM também está auxiliando nas buscas. Todas as saídas da cidade já forma fechadas.

O secretário adjunto de Justiça, Carlos Alberto Santana, e o comandante geral da Polícia Militar, Antônio Benedito de Campos Filho, estão no local, onde está sendo realizada a conferência dos presos para divulgação dos número oficial de fugitivos. A unidade prisional de Mata Grande tem capacidade para 540 detentos e abriga atualmente 601.

Até agora foram confirmados 59 fugitivos, conforme a Secretaria de Segurança Pública.