sábado, 20/abril/2024
PUBLICIDADE

Polícia conclui inquéritos e indicia homens por feminicídios em Lucas do Rio Verde

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: divulgação)

A delegada Ana Caroline Mortoza Lacerda (foto), do Núcleo de Defesa da Mulher da Delegacia de Lucas do Rio Verde, concluiu na última sexta-feira o inquérito sobre o homicídio de Mayla Rafaela Martins, de 22 anos, morta no último dia 15.

O autor, Jorlan Cristiano Ferreira, foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado (cometido contra a mulher por razões da condição de sexo feminino no contexto da violência doméstica) e ocultação de cadáver. 

A jovem que era trans, foi assassinada com golpes de facas e teve o corpo jogado em uma área de lavoura entre os municípios de Lucas e Sorriso. O suspeito, preso em flagrante informou no dia dos fatos que desferiu os golpes após um possível ‘desacerto’ com a vítima.

Também foi concluído na semana passada pela Delegacia de Lucas do Rio Verde o inquérito sobre o homicídio de Francisca Alves do Nascimento, de 35 anos, brutalmente assassinada pelo ex-companheiro na primeira quinzena deste mês.

O autor do crime, Marcelo Ochoa, foi indiciado pela delegada Ana Caroline Mortoza Lacerda por homicídio qualificado cometido contra a mulher por razões da condição de sexo feminino no contexto da violência doméstica. 

Os inquéritos foram encaminhados ao Poder Judiciário local e ao Ministério Público.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui. 

Francisca Alves do Nascimento
Mayla Rafaela Martins

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Homem é morto a tiros após se envolver em briga no Nortão

Um homem foi morto a tiros, esta madrugada, na...

Homem é preso por agredir ex-companheira e manter em cárcere privado em Colíder

Um homem, de 31 anos, investigado por agredir, ameaçar...

Sorriso: polícia confirma que 2 alvos de operação foram para regime diferenciado por ordem judicial

Dois alvos da Operação Recovery Ultimato, deflagrada Polícia Civil...
PUBLICIDADE