Polícia

Polícia Civil de Sinop vai apurar causas da fuga no presídio ontem

A Polícia Civil de Sinop abrirá inquérito para investigar as causas da fuga, ontem de madrugada, dos nove detentos do presídio Osvaldo Florentino Leite Pereira – o Ferrugem, no bairro Alto da Glória. Ele deve ser concluído em um mês e deve apontar se houve negligência, de algum dos agentes que estavam no local no momento, se a ação foi facilitada e outras questões.

Os presos serraram as grades das celas da ala amarela e com uma corda artesanal amarrada em ganchos de ferro, conseguiram pular o muro. “A fuga foi muito rápida. Tivemos alguns detalhes. Pelos dois detentos que foram recapturados e também por outros dois que também estavam nas celas mas não fugiram”, disse, ao Só Notícias, o delegado Richard Damasceno. Os fugitivos, que cumprem pena por roubo a mão armada, homicídio e latrocínio estavam no raio amarelo.

As investigações devem apontar também como a serra chegou até o local. Polícia Civil e PM continuam fazendo as buscas pela região. Ontem à tarde, dois foram recapturados José Carlos dos Santos, de 37 anos, na região do bairro São Cristóvão, e Jefferson Amaral da Silva, 21 anos, no bairro Alto da Glória (cerca de 6 km do presídio).

Continuam sendo procurados

Edson Barbosa Batista 22 anos – cumpri pena por roubo a mão armada, em Diamantino. Veio transferido do Pascoal Ramos, de Cuiabá.

Alberto Pereira da Silva 26 anos – preso por roubo a mão armada em Glória do Oeste (MT). Veio transferido do Pascoal Ramos.

Adriano César José de Santana 29 anos – preso por roubo em São Paulo. Após o crime, foi recapturado pela polícia em Sinop.

Willian Macedo dos Santos 22 anos – preso por latrocínio em Juruena. Veio do Pascoal Ramos. Tem uma tatuagem de um coringa na barriga
nicípio.

Isaias José dos Santos 28 anos – preso por homicídio e latrocínio em Campo Novo do Parecis. Veio da cadeia pública da cidade.

Márcio Silva Mendes 32 anos – preso desde 2003 por roubo a mão armada em Mirassol do Oeste. Veio do Pascoal Ramos.

Alexandre Linhares de Souza – ‘Gugu’, 22 anos – Preso em Sinop por latrocínio de um taxista.