Polícia

Polícia Civil cumpre mandados e procura um envolvido em assassinato por ordem de facção em Mato Grosso

Um mandado de prisão temporária (30 dias) e dois de buscas e apreensões foram cumpridos, hoje, na operação última etapa, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil em Cuiabá que busca provas para desvendar o assassinato de homicídio de Elias Rodrigues de Arruda, ocorrido no dia 08 de abril. O alvo já está preso, desde o dia 11, e foi notificado de nova decisão judicial.

O suspeito foi interrogado na DHPP e confessou o crime, afirmando que efetuou os disparos de arma de fogo na vítima. Ele ainda acrescentou que faz parte de uma organização criminosa, que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso.

Elias foi executado por membros de uma organização criminosa, num denominado “salve”, após ter supostamente praticado um crime naquele bairro. Nas investigações foi apurada a autoria de dois criminosos e o Poder Judiciário decretou suas prisões.

O segundo suspeito também já está indiciado por homicídio qualificado e continua foragido. As diligências estão sendo efetuadas para sua prisão. O delegado responsável pela investigação, Marcel Gomes de Oliveira, ressaltou os esforços das equipes de investigação para alcançar a elucidação do crime, informa a assessoria.

Só Notícias (foto: divulgação/arquivo)