Polícia

PM desencadeia operação Águia em três cidades mato-grossenses

A Polícia Militar inicia hoje, a “Operação Águia” em Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis, com objetivo de reforçar o policiamento em pontos considerados críticos. 310 homens estarão envolvidos na ação. Na capital e Várzea Grande são cerca de 230. Equipes da Ronda Tática Ostensiva Metropolitana (Rotam) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) vão reforçar o policiamento. A operação, que está sendo chamada de ‘Águia’ em função da força, precisão e vigilância do pássaro, será encerrada à meia-noite de domingo.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel PM Antônio Benedito Campos Filho, informou que serão montados pontos demonstrativos, barreiras fixas e móveis, além de arrastões em áreas de grande concentração de público no centro da cidade e em bairros de periferia. “Por noite as barreiras móveis serão realizadas em pelo menos quatro pontos distintos da cidade. A população deve estar ciente de que a Polícia Militar está atenta para prestar um serviço de qualidade”, explicou o comandante.

O coronel disse ainda que a população deve ter paciência no momento das abordagens. “Não é uma situação das mais agradáveis, mas é um procedimento fundamental para o policiamento”. No interior do Estado, em Rondonópolis, a ação acontece em oito bairros diferentes e barreiras serão montadas pelo menos em nove pontos da cidade.

Campos destacou que, até o final do ano, outras operações serão realizadas em todo o Estado.