sábado, 13/abril/2024
PUBLICIDADE

PF cumpre mandado de prisão a acusado de abusar de criança de 7 anos em Mato Grosso

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)

A Polícia Federal prendeu em flagrante, esta manhã, um homem de 32 anos no âmbito da operação Vulnerable, que tem o objetivo de reprimir o abuso sexual infantil. Ele foi preso em Confresa (1.049 km de Cuiabá), durante o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 2ª Vara da Comarca de Barra do Garças em investigação de denúncia de estupro de uma criança de 7 anos.

Durante as diligências, os policiais encontraram vídeo do menino sendo abusado e arquivos de pornografia infantil contendo vídeos de outras crianças. As investigações tiveram início no começo deste mês, a partir da denúncia da mãe do menino de sete anos vitimado por estupro.

O menor foi ouvido pelos policiais em “Depoimento Especial” (procedimento específico para a oitiva de crianças), que reforçou as informações repassadas pela mãe. Há indícios de que o principal suspeito ainda exibiu ao menino vídeos e imagens de outras duas crianças, configurando o ilícito de armazenamento de imagens de pornografia infantil prevista no Estatuto da Criança e Adolescente.

O investigado está sujeito a penas que, somadas, podem chegar a 19 anos de prisão. O nome da operação é uma referência às pessoas vulneráveis que são vítimas de estupros e atos libidinosos.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui. 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Dois são detidos por tentativa de homicídio durante invasão a residência no Mato Grosso

Dois adolescentes, de 15 anos, foram detidos por policiais...

Operação lei seca no Mato Grosso tem 12 presos e 61 veículos apreendidos

A Polícia Militar deteve 12 motoristas durante fiscalizações da...

Preso em MT acusado de abusar das próprias filhas e engravidar uma

Investigadores da Polícia Civil cumpriram, ontem, o mandado de...
PUBLICIDADE