Polícia

Pela segunda vez, IML de Cuiabá sofre ataques de bandidos a tiros

Pela segunda vez, nesta semana, o Instituto Médico Legal (IML), no bairro Carumbé em Cuiabá, foi alvo de atentado por parte de criminosos. Na última sexta-feira, suspeitos foram flagrados em tentativa de roubo no local. Nos dois atos violentos, ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos da ocorrência registrada na sexta não foram identificados. Policiais foram acionados pela empresa de vigilância que presta serviço no local .  Segundo um vigilante, dois homens e um deles com uma pistola em punho tentaram arrombar a porta de vidro de entrada. Um suspeito atirou disparou um tiro, mas acabaram fugindo do local, talvez, pela reação da vigilância.

O portão do IML fica aberto em uma rua de pouca movimentação. No local, não existe sequer câmera de segurança. O diretor do IML, Eduardo Andraus, mostrou preocupação com as invasões. “Estamos preocupados e será implementada a segurança no local, como subir muros, portão com controle remoto e comunicador entre a parte interna e externa”, disse o diretor em entrevista a uma emissora de TV local.

Policiais fizeram várias buscas e não conseguiram localizar os acusados. A Polícia Civil passa a investigar os atos criminosos. De acordo com a ocorrência registrada na sexta, o suspeito visualizado pelo vigilante tinha 1.70 metro, vestia, camiseta branca de time e short xadrez.

Na madrugada do dia 25, um bandido tentou realizar uma assalto na sede do IML. Ele foi impedido pelo segurança. Houve troca de tiros e uma pessoa ficou ferida, mas não corre risco de morte. O criminoso conseguiu fugir.

Servidores do IML teriam pedido um lanche delivery e quando o entregador chegou ao local o vigilantes foi chamar a responsável pelo pedido e, neste momento, o entregar foi feito refém.

O assaltante, ao flagrar o segurança, deu um tiro contra ele, que revidou fazendo dois disparos. Um deles acabou atingindo o entregador. No entanto, o bandido continuou a atirando, mas sem sucesso, fugiu pela porta da frente.

Outro lado
Por nota, a  Politec informou que diante da tentativa de invasão de criminosos no prédio da Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, em Cuiabá, ocorrida por volta das 20h30 desta sexta-feira (29.11), em que a porta de vidro foi quebrada, a Direção Geral da Politec esclarece que os procedimentos internos estão sendo revistos visando o reforço da segurança no local, e novos procedimentos deverão ser implementados, como a habilitação de gravações da câmera de segurança existente no local.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública autorizou um adiantamento no orçamento da Politec para a reforma do muro, instalação de interfone e motores para o fechamento automático dos portões, e aguarda os trâmites legais para serem iniciadas.

Só Notícias/Gazeta Digital