Polícia

Pecuarista é assassinado após denunciar abate ilegal em Mato Grosso

O pecuarista Elói Pereira Duarte, 77 anos, foi assassinado em Poxoréu (251 km ao Sul de Cuiabá), ontem de madrugada. De acordo com informações da Polícia Civil, o caso foi registrado depois que familiares da vítima procuraram a delegacia para informar o desaparecimento do idoso que foi visto pela última vez na sexta-feira, por volta das 10h.

As causas do crime ainda estão sendo apuradas, mas o idoso era proprietário de uma fazenda na região e, há algum tempo, denunciava o abate clandestino por parte de outros fazendeiros na região.

Depois de receber a denúncia, a polícia iniciou as diligências e encontrou o corpo com as mãos amarradas para frente e no crânio havia lesões provocadas por objeto cortante, na tarde de domingo na fazenda dele.

Um dos abates ilegal havia ocorrido no dia 8, onde uma vaca foi morta dentro do curral. Na ocasião, investigadores estiveram na propriedade e fizeram apreensão de latas de cerveja que os criminosos consumiram no local do crime.

A Polícia Civil apura se existe relação entre a denúncia do furto de gados e o homicídio do pecuarista.