Polícia

Pai é investigado por atentado violento ao pudor contra sua filha de 6 anos

A equipe de investigadores da delegacia de Colíder investiga se João Batista de Souza, 33 anos, teria tentavo violentar sexualmente sua filha, de 6 anos. João foi denunciado no início do mês, por sua esposa, sua prisão preventiva foi decretada e ele foi detido no último dia 12. Agora, está aguardando a conclusão do inquérito.

Segundo uma agente da delegacia, ele nega que tenha cometido o crime, mas algumas pessoas foram ouvidas e confirmam. A mãe da menina, não identificada, disse que a criança relatou que o fato acontecia há mais ou menos dois meses. Ele passava a mão na criança e se masturbava em sua frente. O delegado que está a frente das investigações é o titular de Colíder, Amauri Ferreira da Silva. A delegada Regional Maria de Fátima Moggi também acompanha o caso.