Polícia

Nortão: preso acusado de agredir companheira e fazer disparos dentro de casa

A Polícia Civil de Alta Floresta (300 quilômetros de Sinop) prendeu em flagrante, hoje, um homem suspeito  por crimes praticados contra sua companheira no âmbito da Lei Maria Penha, que trata de delitos relacionados à violência doméstica. O suspeito de 26 anos também foi autuado pelos crimes de disparo de arma de fogo, ameaça e injúria.

Conforme relato da vítima, de 22 anos, ela mantinha relacionamento há um ano com o suspeito. Ontem, após uma discussão entre os dois, motivada por ciúmes, o suspeito passou a agredir e xingar a vítima, além de ameaçá-la, efetuando disparos de arma de fogo dentro da residência. A vítima relatou ainda que as agressões físicas eram rotineiras.

Após ser comunicada da ocorrência e diante da situação de flagrante, o delegado de Alta Floresta, Pablo Carneiro, efetuou diligências com a equipe da unidade. Nesta quarta-feira, os policiais conseguiram fazer a prisão do suspeito em seu local de trabalho.

Os policiais civis também acompanharam a vítima até a residência para que ela pudesse retirar seus pertences. Na oportunidade, a mulher entregou aos investigadores a arma do suspeito, que ela escondeu após a ocorrência.

Em entrevista preliminar com o delegado, o suspeito confirmou os crimes e disse ainda que deveria ter dado os tiros na cabeça da mulher e não na parede. A vítima foi encaminhada para realização de exame de corpo de delito.

Após o procedimento de autuação, o suspeito foi encaminhado para a unidade prisional de Alta Floresta, sendo feita a comunicação da prisão aos órgãos competentes. O delegado informou que pediu ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do acusado.

Redação Só Notícias