sábado, 13/abril/2024
PUBLICIDADE

Nortão: delegado diz que cunhado matou sargento da PM

PUBLICIDADE

O delegado Geraldo Gezoni Filho, de Peixoto de Azevedo (217 km de Sinop), está presidindo o inquérito policial das investigações sobre o assassinato do sargento José Santos Neto, 40 anos, morto com sete tiros, terça-feira (22), quando chegava em sua residência, no município. Gezoni disse, ao Só Notícias, que o crime está praticamente elucidado, pois há testemunhas que viram os disparos sendo dados. “Elas identificaram o autor do crime, como sendo Marcos Oliveira Silva, cunhado da vítima. Como o assassinato é com testemunhas oculares, não há dúvida que o assassino é o irmão da esposa do sargento”, disse. As investigações continuam para esclarecer o motivo da desavença que resultou no homicídio.

O delegado já ouviu as testemunhas, já fez a verificação no local do fato e falta apenas pedir o juiz a expedição da prisão preventiva do acusado, que está foragido, desde a noite do crime.

A Polícia Militar auxilia no caso, na tentativa de localizar o acusado. Conforme Só Notícias já informou, o corpo de Santos Neto foi enterrado, ontem, em Cuiabá. Ele estava trabalhando no presídio Ferrugem, em Sinop, residia em Peixoto e tinha  duas filhas.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE