Polícia

Mulher que teve o filho esfaqueado pelo marido em Sorriso procura a polícia e denuncia golpe em seu nome

A mãe de um bebê de oito meses, esfaqueado por um homem na última semana, em Sorriso, procurou a delegacia municipal, neste sábado, para denunciar uma tentativa de golpe em seu nome. Segundo ela, uma pessoa não identificada está tentando “angariar fundos” para supostamente custear as despesas médicas com a criança. 

A mulher narrou que o crime foi amplamente noticiado nos veículos de comunicação, o que deixou a população chocada e comovida. No entanto, segundo ela, um golpista está utilizando as redes sociais se passando por sua irmã e alegando que estaria arrecadando fundos para ajudar nas despesas médicas do bebê. 

A mulher repassou os dados utilizados no golpe para a Polícia Civil, que passa a investigar a denúncia. O bebê segue hospitalizado. 

A principal versão para o crime é de que o suspeito tentou esfaquear a mulher, quando acabou atingindo a criança. “Ele brigou com a mulher e queria esfaqueá-la. A criança, que é um bebê e estava no colo da mãe, foi atingida na perna. Inclusive, o cabo quebrou e a lâmina ficou transfixada na perna da criança”, explicou, anteriormente, o sargento Almeida, da Polícia Militar.

O caso ocorreu em uma residência na rua Japurá, no bairro Vila Bela. O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou o bebê e a mulher para uma unidade médica.

O suspeito fugiu do local, mas acabou sendo localizado pela Polícia Militar e foi levado para a delegacia. Ele negou a acusação.

Só Notícias/Herbert de Souza e Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias/Lucas Torres)