Polícia

Monitorado por tornozeleira troca tiros com policiais em Mato Grosso e acaba morto

Um jovem, de 24 anos, que era monitorado por tornozeleira eletrônica com oito passagens criminais, entre elas tráfico de droga, roubo e tentativa de homicídio correu e atirou nos policiais para não ser abordado, ontem à noite, no bairro Água Vermelha, em Várzea Grande. Por conta disso, os militares da Força Tática revidaram e o suspeito acabou sendo atingido.

A equipe do Samu foi acionada e o acusado foi encaminhado ao Pronto Socorro de Várzea Grande, ainda com sinais vitais. No entanto, morreu na unidade devido à gravidade dos ferimentos.

De acordo com a assessoria da PM, os policiais estavam em patrulhamento e ao dar ordem de abordagem ao suspeito, ele apontou um revólver, saiu correndo e pulando muro de várias casas. Em uma das residências, ele foi visto no telhado e mais uma vez insistido para se render, mas novamente apontou a arma para os militares. Ele continuou em fuga e parou em uma casa, onde foi montado um cerco.

Novamente, foi solicitado que ele se entregasse, mas o homem atirou na direção da equipe. Nesse momento, foi decidido entrar no imóvel e o homem novamente atirou na direção dos militares. A atitude foi revidada e ele atingido. Mesmo ferido, o suspeito entrou em um quarto e novamente atirou contra os policias, que novamente revidaram e atingiram o suspeito.

A PM descobriu ainda que o suspeito morto atirou em um cachorro de uma das casas que invadiu.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)