Polícia

Lucas R. Verde: perícia fará em novembro reconstituição de afogamento de 5 crianças

Peritos de Sinop farão, no início de novembro, a reconstituição do acidente no rio Verde, no dia 22 de julho, em que cinco crianças morreram afogadas. Segundo o perito André Luiz Furio, a data ainda deve ser confirmada juntamente com a Polícia Civil de Lucas do Rio Verde, que solicitou a reconstituição .

O principal objetivo é apurar quais as circunstâncias para o carro, onde estavam os 5 menores (dois irmãos e três primos) cair no rio. Devem ser ouvidas, separadamente, todas as pessoas que estavam no local. Uma das contradições que deve ser questionada é sobre quem deu partida no veículo. Inicialmente, foi cogitado que foi uma das crianças. Testemunhas apontaram que um dos adultos, que estaria sentado no banco do caroneiro, foi o responsável.

Três adultos estavam dentro do veículo com as cinco crianças, com idade entre 4 e 12 anos, no momento do acidente. O pai de duas delas, que tinha levado o carro para lavar no rio, deixou a chave na ignição e foi buscar alguns objetos que havia esquecido há alguns metros. Nesse intervalo, foi dada partida no carro, que movimentou-se e caiu. Somente os adultos conseguiram sair.

A conclusão do inquérito dependerá das informações apontadas pela perícia, que será fundamental para definir se houve culpados.