Polícia

Latrocínio de fazendeiro em Sorriso completa 2 meses hoje e bandidos não foram presos

Hoje completam-se dois meses que o produtor rural Enivaldo Bedin, 55 anos, foi assassinado após ter sido rendido quando chegava, com uma mulher, em sua propriedade. Só Notícias apurou que o inquérito ainda não foi concluído. A polícia não obteve informações sobre o paradeiro da caminhonete Toyota SW4, prata e trabalha com a hipótese de latrocínio.

Os assaltantes deram um tiro nele, encapuzaram a mulher e andaram por um tempo com o casal na caminhonete e a mulher foi deixada próximo a Sorriso.
O corpo de Bedin foi jogado próximo ao rio dos Macacos, a 20 km de Sinop, sendo descoberto dois dias depois do homicídio.