Polícia

Latrocida continua foragido em Sorriso

Edilson Caetano de Araújo, 26, acusado de latrocínio em Sorriso, continua foragido. Ele conseguiu fugir da cadeia do município na última quinta-feira de madrugada, mas ainda não foi localizado pela polícia. Com o auxílio de outros três detentos, ele serrou grades da cela 10, adentrado no corredor e, com o auxílio de lençóis, alcançou a ventilação (teto) onde também serrou algumas grades.

Mas apenas Edilson conseguiu fugir. Os outros dois detentos foram surpreendidos pela guarda da cadeia quando estavam no pátio e o terceiro estava enroscado no buraco de ventilação, tentando sair.

Edilson tinha sido preso em fevereiro, acusado de assassinar Ademilson Sampaio Rodrigues, 33 anos. Ele teria agido juntamente com Ronildo Silva dos Santos. Ambos confessaram, na época, que mataram a vítima para sacar R$ 28 mil que Ademilson teria no banco. Mas, só teriam conseguido sacar cerca de R$ 550. Os dois disseram que enterraram o corpo às margens de uma estrada vicinal, a 12 km da cidade.