Polícia

Ladrões fazem ‘arrastão’ em Sinop e furtam 6 caminhonetes em 24hs.

Uma quadrilha atacou sábado à noite e ontem em Sinop e furtou 6 caminhonetes. 4 são modelo F-1000 e um D-20. Todas são “usadas” -fabricadas entre 1995 e 1999. Os furtos ocorreram no centro da cidade. A polícia acredita que trata-se de uma quadrilha especializada em furto e desmanche de caminhonetes.

Conforme Só Notícias já informou, os primeiros furtos ocorreram na rua das Castanheiras, a poucos metros da Delegacia Regional de Polícia. Uma F-1000, do empresário Olavo Zellman, branca, placas JYF 6805, ano 1995 foi a primeira a ser furtada. A outra é de Olimpio Dessa, de cor prata, placas HQZ 6813. Os furtos foram entre às 20:00hs e 22:00hs.

Ontem de manhã, os ladrões uma F-1000 prata, placas AEV 2273, ano 94, de Marino Vanderlinde. Ela estava estacionada na rua dos Lírios -centro- em frente a uma escola.

A quarta caminhonete foi furtada ontem à noite, por volta das 20:00hs. É uma GM D-20 Custom, vermelha, ano 95, placas JYJ 6789, que estava estacionada na avenida dos Jacarandás, nas proximidades da Praça das Bandeiras -centro de Sinop.
A caminhonete é do agricultor Ademar Nervo, que, segundo a polícia, estava participando do manifesto dos produtores rurais, quando seu veículo foi levado.

Duas horas depois os ladrões furtaram a quinta caminhonete, uma F-1000 preta, ano 97, placas ARL 2849, que estava no estacionamento de um hotel, na rua Enio Pipino, a poucos quilômetros do batalhão da PM. O proprietário é Antonio Ricardo Dickel, que reside em Cidrolândia (MS).

A sexta foi furtada por volta das 23:00hs, em um estacionamento nas proximidades do parque de exposições. Dorival Lavagnolli, proprietário da camionete F-1000, cor prata, placas HOL 4011, informou que, ao sair do parque percebeu o furto.

Uma equipe da Polícia Civil estava em rondas pelo local quando viu dois elementos dentro de uma caminhonete, em atitude suspeita. Quando eles avistaram a guarnição saíram em perseguição a e começaram a disparar tiros na viatura. Houve troca de tiros com policiais. A F-1000 preta recuperada ficou com pelo menos 3 buracos de bala na lataria (clique na foto para ampliá-la) Próximo ao aeroporto abandonaram o carro e entraram no matagal. A polícia fez rondas mas não obteve êxito na captura dos suspeitos. Eles acabaram abandonando a F-1000 que é de Antonio Dickel, de Cidrolândia (MS). As demais não foram localizadas.

(**Atualizada às 08:00hs)