Polícia

Jornalista é assassinado a tiros no Nortão

O jornalista Ediney Menezes foi encontrado morto a tiros, há pouco, no Hyundai HB20 dele, na rua Itamar Dias, no centro de Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop).

Ainda não há detalhes por quantos tiros ele foi atingido. A versão investigada é que os disparos foram feitos por duas pessoas que passaram numa moto (marca e modelo não informados).

Uma equipe da Polícia Militar esteve no local fazendo o isolamento necessário. Buscas foram feitas para tentar prender os envolvidos no crime. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

Por nota, o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor) recebe com extrema preocupação a notícia do assassinato do jornalista Edney Menezes, 44 anos, ocorrida município de Peixoto de Azevedo. Ao mesmo tempo, o sindicato manifesta toda a solidariedade aos amigos, familiares e colegas de profissão do jornalista.

O Sindjor já contatou as autoridades policiais e acompanha a apuração do caso para descobrir a motivação e os culpados pelo assassinato. O sindicato afirma sua veemente defesa da liberdade de expressão e do trabalho profissional da imprensa, princípios democráticos que vêm sendo tão atacados nos últimos tempos no Brasil.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: arquivo pessoal - atualizada às 13h41, em 16/11)