Polícia

Inquérito apura causas de fuga de 13 no presídio ferrugem em Sinop

A Polícia Civil de Sinop abrirá inquérito para investigar as causas da fuga, hoje de manhã, dos 13 presos do presídio Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem). Ele deve ser concluído em um mês e apontará se houve negligência, de algum dos agentes que estavam no local no momento, se a ação foi facilitada entre outras questões. Pode haver prorrogação no prazo.

Os presos serraram as grades das celas da ala amarela e com uma corda artesanal amarrada em ganchos de ferro, conseguiram pular o muro. Um laudo da perícia já foi requisitado, segundo o delegado Richard Damasceno. Ainda pela manhã dois peritos estiveram no local, fazendo vistoria.

Até o momento, ninguém foi recapturado. Conforme Só Notícias informou, em primeira mão, a fuga foi durante a troca de guardas. Alguns agentes até viram detentos pulando o muro e acabaram evitando que outros escapassem.

Na última fuga, em fevereiro, quando nove escaparam, as investigações realizadas pela PM apontaram que houve negligência de observação. Não foram constatados indícios de nenhuma vantagem recebida.

Quatro soldados e um sargento que trabalhavam no dia responderam um procedimento administrativo disciplinar.