Polícia

Índia é morta com tiro durante suposta caçada em floresta no Médio Norte

A Polícia Militar confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que uma índia da etnia Bororo, de 33 anos, morreu hoje, no início da tarde, no hospital em Barra do Bugres (165 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá) atingida por um tiro de espingarda, na região da clavícula.

Ela foi socorrida por um técnico de enfermagem que trabalha na região da aldeia Umutina, localizada em Barra do Bugres. Porém, não resistiu aos ferimentos.

A versão investigada é que a mulher estava em um grupo caçando quando ocorreu a situação na área indígena. Ela teria sido supostamente confundida com um animal e acabou sendo atingida.

Ainda não há detalhes do suspeito de ter efetuado o disparo. A Polícia Militar faz buscas para tentar encontrá-lo.

A Polícia Civil acompanha o caso, mas como ocorreu em área indígena a Polícia Federal também deverá ser acionada para investigar o caso.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: reprodução/arquivo)