Polícia

Guardas de Trânsito são acusados de agredir homem com cacetete

O auxiliar administrativo Henrique Slaviero, 22 anos, procurou a delegacia ontem, para registrar uma ocorrência contra dois guardas de trânsito de Sinop. Segundo o boletim de ocorrência, ele estava em um posto de combustível próximo a praça Plínio Callegaro, quando percebeu que dois guardas de trânsito pararam próximo a sua camionete, que estava estacionada no local, e começaram a anotar o número da placa. Henrique perguntou aos guardas o motivo pelo qual estavam anotando a placa do veículo, mas os dois não responderam.

Não obtendo resposta, Henrique tentou tirar uma foto dos guardas com seu celular, mas um deles bateu em sua mão com o cacetete. Ele argumenta ainda tentou se defender segurando o cacetete, quando o outro guarda o atingiu na cabeça. Henrique caiu, sendo socorrido pela Polícia Militar e encaminhado ao Pronto Atendimento.

Só Notícias procurou o diretor da Guarda, Jair Fonseca Gonzaga, que relatou que a equipe estava fazendo um trabalho de conscientização próximo a praça, e os dois guardas foram até o posto para ir ao banheiro. Um deles entrou e o outro ficou aguardando na porta. Um grupo de pessoas que estava próximo, começou a ofender o guarda que o esperava na porta, e quando ele foi perguntar o que estava acontecendo, o grupo tentou agredi-lo. Nesse momento o outro guarda voltou do banheiro e foi tentar separá-los.

Em relação ao ferimento na cabeça de Henrique, Jair relatou que pode ter sido causado durante a confusão. E que testemunhas, que estavam no local, confirmaram que o grupo começou a discussão.

O caso foi registrado na delegacia, e os envolvidos devem ser ouvidos pela Polícia Civil.