Polícia

Funcionário é preso acusado de assaltar empresa em Sorriso; menores apreendidos

O assaltante, que era funcionário de uma empresa de informática e dois menores, que ajudaram no crime, foram pegos, ontem à noite, por policiais militares da Força Tática acusados de assaltar o estabelecimento momentos antes. Com eles, os militares recuperaram 11 celulares, 16 cartões de memória, 9 relógios e R$ 2,7 mil que foram levados durante o crime.

“Foi passado que havia ocorrido um roubo em uma loja na Tancredo Naves. A equipe deslocou até a empresa procurando os proprietários para analisar as imagens e identificamos um dos suspeitos do roubo, que se tratava de um funcionário. A equipe conseguiu o endereço desse funcionário, deslocamos até a residência dele e de imediato demonstrou bastante nervosismo, também nos falou quem era os outros suspeitos”, explicou o soldado da PM, Alexandre.

“Ele foi um dos mentores junto com os outros dois que chegaram na loja e efetuaram o roubo. Ele passou o endereço de onde estaria guardado o material do roubo e passou o nome dos comparsas. Foi apreendido uma motocicleta e parte do dinheiro roubado. A arma que eles utilizaram ainda não foi localizada”, emendou.

Todos os suspeitos foram encaminhados à delegacia junto com o material recuperado para os procedimentos necessários.

 

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Lucas Torres)