Polícia

Expedido pedido prisão de acusado de matar caminhoneiro do Nortão

A Justiça de Novo Progresso, no Estado do Pará, emitiu ontem a carta precatória com o mandado de prisão de Claudemir Gomes da Silva, 27 anos, conhecido como Pororoca. Detido na Delegacia Civil de Pontes e Lacerda (400 km a oeste de Cuiabá), ele é acusado de assassinar o caminhoneiro Cleuber Marques Arantes, 41 anos, em Castelos dos Sonhos (PA). A carta precatória (pedido de prisão) já foi enviada, via fax, para a delegacia de Pontes e Lacerda. Sem essa carta, ele poderia ser solto.

O acusado foi detido na quinta-feira à noite pela Polícia Militar de Pontes e Lacerda, que após tomar conhecimento por meio do site Só Notícias, que ele fugiu para o município, começou a investigar e conseguiu prendê-lo.

Conforme Só Notícias já informou, Claudemir confessou ter assassinado Cleuber Arantes, após contratá-lo em um posto, em Castelo dos Sonhos, para buscar um trator. Ele também teria vendido o caminhão de Cleuber por R$ 25 mil, e recebido como pagamento um carro no valor de R$ 10 mil e o restante em dinheiro. Com ele a polícia só encontrou uma moto e um cheque de R$ 2 mil.

O corpo de Cleuber (sepultado quinta-feira em Sinop) foi encontrado pelo irmão, o agricultor Clayton Arantes, que reside em Sinop. Com ajuda de amigos, fez investigações particulares e conseguiu localizar o corpo do irmão e descobrir que o caminhão VW 2260 foi levado para desmanche e teria peças, pneus, rodas, motor, câmbio e outros componentes vendidos.
Cleuber foi sepultado na quinta-feira à tarde, em Sinop. Tinha 41 anos e duas filhas.