Polícia

Estado de putrefação dificulta identificação de corpo encontrado em Juara

O estado já avançado de putrefação em que encontram-se os dedos do corpo encontrado sem cabeça em Juara, está dificultando o processo de identificação do mesmo. Segundo informações do Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá, onde está sendo feita a perícia, o papiloscopista designado para o caso está fazendo o preparo do material para a retirada das digitais.

Até quarta-feira da semana que vem, deve sair o resultado da perícia, ou negativo ou positivo. No caso de negativo será concluído que, com as digitais, não tem como fazer a identificação do corpo. Assim, poderá ser feito um exame da arcada dentária do corpo. Para dar positivo, pelo menos 75% das digitais teriam que ser identificadas.

Conforme Só Notícias já informou, não tem como fazer DNA dos dedos pois eles foram colocados em formol, produto esse que altera o resultado. A suspeita da Polícia Civil de Juara, é que o corpo, encontrado no último dia 22, sem a cabeça, nu e com os órgãos genitais esmagados, seja de um jovem de 23 anos, desaparecido há mais de 20 dias no município. A polícia não tem suspeita de quem tenha cometido o crime.