Polícia

Dois que praticavam pesca predatória no rio Verde em Sorriso fogem da polícia

Durante fiscalização, hoje de manhã, no rio Verde, dois pescadores que praticavam pesca predatória conseguiram fugir ao ver a aproximação da Polícia Militar que fazia fiscalização entre os municípios de Sorriso e Ipiranga do Norte, devido a piracema. No acompanhamento onde estavam os militares encontraram alguns apetrechos como rede que foram queimados, além de um celular.

O período de defeso da piracema no Estado vai até 31 de janeiro de 2021 e inclui os rios das Bacias Hidrográficas do Paraguai, Amazonas e Araguaia – Tocantins. É proibida a pesca, tanto amadora, profissional e quem desrespeitar poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.

O período de defeso da reprodução dos peixes, Piracema, é um dos instrumentos de gestão e ordenamento dos recursos pesqueiros de forma a assegurar a sustentabilidade do seu uso.

Só Notícias/David Murba (fotos: assessoria)