Polícia

Diretor da Polícia Civil chega a Sinop para acompanhar investigações de duplo homicídio

Quatro investigadores da Delegacia de Homicídios de Cuiabá e o diretor de Interior da Polícia Civil, Wilson Leite, já estão em Sinop para auxiliar nas investigações do assassinato de Silvia Bertolazi, de 40 anos, e sua filha Renata, de 12 anos, ocorrido ontem à tarde, na rua das Seringueiras, no bairro Jardim Botânico.

Segundo o delegado Richard Damasceno, como a hipótese de estupro foi descartada pela perícia, outras linhas estão sendo investigadas, mas ele preferiu não adiantar para não atrapalhar os trabalhos. Silvia e sua filha foram mortas a marteladas e facadas, dentro de casa. O corpo de Silvia foi encontrado em um quarto e da adolescente na sala. A causa da morte apontada foi traumatismo craniano, em decorrência dos golpes de martelo.

Na casa também estava o filho caçula, de 5 anos, que levou uma martelada na cabeça e acabou desmaiando. Ele foi encontrado pela irmã mais velha, que chegou na casa para visitar a mãe e se deparou com a tragédia. Os corpos de mãe e filha estão sendo velados na capela de uma funerária e o sepultamento será às 16 horas.