Polícia

Detento que fugiu em Sorriso é acusado de latrocínio e ocultação de cadáver

O detento que conseguiu fugir nesta madrugada, da cadeia de Sorriso, Edilson Caetano de Araújo, 26 anos, foi preso em fevereiro. Ele e Ronildo Silva dos Santos são acusados do latrocínio de Ademilson Sampaio Rodrigues, 33 anos.

Eles confessaram que mataram a vítima para sacar R$ 28 mil que Ademilson teria no banco. Mas, só teriam conseguido sacar cerca de R$ 550. Os dois disseram que enterraram o corpo às margens de uma estrada vicinal, a 12 km da cidade. Após a prisão, eles levaram a polícia até onde estava enterrado o corpo. O crime ocorreu no dia 10 de dezembro do ano passado. Os três trabalhavam juntos em fazendas e quando estavam em Sorriso, ficavam em um hotel.

Como Só Notícias já informou, a fuga ocorreu por volta da meia-noite. Os detentos teriam serrado as grades da ventoinha de ventilação e apenas Edilson conseguiu fugir.