terça-feira, 21/maio/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá: advogada pode ter sido vítima de latrocínio

PUBLICIDADE

O presidente em exercício da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso, Maurício Aude, designou o delegado aposentado e presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB, Almerindo Costa, para acompanhar o inquérito sobre a morte da advogada Ana Antônia da Cunha, 64 anos, encontrada morta nesta segunda-feira, 19, em sua residência no bairro Araés. A advogada estava amarrada sobre uma cama e seu corpo coberto de livros.

Policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) acreditam que Ana Antônia vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), pois segundo parentes da advogada foram levados de sua casa um carro, duas motos, computadores e outros objetos de valor. Suspeita-se que Ana Antônia, que estava em pleno exercício da atividade profissional, conforme sua inscrição da OAB, foi morta há duas semanas, quando deixou de manter contato com seus familiares

 

Notícia anterior
Próxima notícia

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Polícia recupera moto furtada em empresa e prende suspeito em Alta Floresta

A vítima, de 51 anos, declarou à Polícia Militar,...

DHPP prende acusado de matar jovem a tiros em Sinop

Investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa...
PUBLICIDADE