Polícia

Líder de facção que tentou forjar a própria morte é preso pela DERF em Nova Mutum

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Nova Mutum prendeu, esta manhã, um dos líderes de uma facção que age em Mato Grosso. O criminoso, que tinha três mandados de prisão, estava em uma residência no bairro Bela Vista. Durante a ação, outro jovem acabou preso com uma arma de fogo com a insígnia da Polícia Militar e duas adolescentes foram apreendidas.

De acordo com o investigador da Derf, Renato Castro a equipe já vinha investigando o paradeiro do criminoso há cerca de 3 dias. “Hoje de manhã abordamos um carro de aplicativo, e encontramos uma arma com símbolo da PM, com um suspeito. Até ai não sabíamos que essa pessoa que portava a arma tinha relação com o procurado. Em conversas, acabou contando onde estava ficando e quando chegamos na residência localizamos o suspeito que é um dos líderes da facção”, explicou, ao Só Notícias.

Ainda segundo Castro, o criminoso que era procurado estava com três mandados de prisão em aberto, sendo por tráfico de drogas, associação criminosa e também por furto qualificado. Ele agia em diversas cidades do Estado.

O acusado, inclusive, havia tentado forjar a própria morte buscando despistar a polícia. “Ocorreu uma troca de tiros em Rondonópolis há um tempo atrás, onde alguns suspeitos foram mortos. Depois disso, a facção criminosa que eles integravam passou a fazer vídeos, dizendo que um dos mortos era esse preso de hoje. Isso viralizou e chegou até nós. Chegaram a fazer vídeos de homenagens para ele”, salientou.

O investigador ainda detalhou que o suspeito preso no carro de aplicativo deve responder por porte ilegal de arma de fogo, além de receptação, já que a arma é objeto de crime na região de Cáceres.

Durante a ação, os policiais ainda apreenderam 13 munições, quantia em dinheiro, além de porções pequenas de maconha. Ainda não foi confirmado para qual unidade prisional o criminoso deve ser encaminhado.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: SBT Nova Mutum)