Polícia

Crânio encontrado em entulhos em Sinop ainda não foi identificado

Ainda não foi identificado o crânio humano encontrado ontem à tarde, na avenida Maringá, em Sinop. O crânio foi encontrado por um catador de ferro-velho, em um monte de entulhos. De acordo com o boletim da polícia, apresentava-se parcialmente queimado e com uma rachadura frontal, proveniente de uma pancada, na parte central.

A perícia está trabalhando para identificar se o crânio era de um homem ou mulher e há quanto tempo teria ocorrido a morte. A descoberta do crânio foi em um terreno próximo a uma madeireira.