Polícia

Celular com rastreador ajuda identificar casal com produtos furtados de empresa em Cuiabá

Policiais militares prenderam um casal envolvido no furto de vários produtos que seriam de uma transportadora. A detenção foi possível depois que o rastreador de um celular identificou o local. Um dos presos, de 40 anos, é funcionário da transportadora, além dele, sua esposa, de 30 anos também foi detida.

A ocorrência começou depois que os militares foram informados pela vítima, de 60 anos, que seu celular roubado estaria em uma residência no bairro Grande Terceiro, na capital. No local, a mulher disse que ganhou o celular de seu marido, sendo o mesmo que a vítima alegava ser seu. Ela ainda disse o local onde o marido estaria naquele momento e durante a checagem, foi descoberto que era a transportadora que a vítima é proprietária.

Logo em seguida, o suspeito chegou dizendo que havia comprado o celular em um site de compra e venda. De volta a residência e nas buscas, foram encontrados diversos produtos que haviam sido furtados da transportadora. Eram roupas, celulares, impressoras, televisão, talões de cheques, notebook, tabletes e duas pistolas airsoft com os lacres de identificação retirados. Também foram localizados alguns documentos pessoais do filho da vítima e de uma mulher do Rio de Janeiro.

Na residência ainda foram encontrados quatro pneus novos de numeração distintas, 17 relógios de várias marcas com etiquetas, sete celulares de várias marcas e modelos. A vítima disse que não saberia se esses produtos seriam de sua transportadora porque não estavam com os selos. Todo material caracterizado como furtado e roubado, além dos suspeitos, foram encaminhados à delegacia para as devidas providências.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)