Polícia

Caso da taxista de Nova Mutum ainda não foi desvendado

Há 88 dias Geronice Araújo está desaparecida. Os investigadores da Polícia Civil de Nova Mutum continuam investigando o caso mas ainda não têm maiores pistas da possível localização do corpo da taxista.

Um suspeito de envolvimento no desaparecimento foi detido no início do mês Nilson César Santos. Ele estava com o celular de Geronice e informou a polícia que adquiriu o aparelho de Marcos Gentiles Oliveira da Silva mas que não sabe nada a respeito do sumiço da vítima.

Maurino Alexandrino do Nascimento é o terceiro suspeito. Tanto ele quanto Marcos ainda estão desaparecidos e com prisão preventiva decretada. Por meio de uma denúncia anônima, no mês passado, buscas foram feitas nas proximidades do município de Nova Mutum, mas nada foi encontrado.

Geronice foi vista pela última vez no dia 26 de março quando fazia uma corrida até uma comunidade rural nas proximidades da cidade. Com duas filhas, ela trabalha como taxista há 3 anos, conforme Só Notícias já havia informado.