Polícia

Agentes penitenciários apreendem 65 celulares e R$ 13,8 mil em unidade prisional em Cuiabá

Os agentes penitenciários realizaram, esta tarde, revista nas celas do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), onde foram localizados 65 celulares, carregadores, substâncias análogas a maconha e cocaína, bebidas e armas artesanais e R$ 13.8 mil.

Não foi informado em qual raio os produtos ilícitos foram apreendidos e se os responsáveis foram identificados.

Conforme Só Notícias já informou, os agentes iniciaram, hoje, uma paralisação de 48h, nas 55 unidades do Estado, com isso, só funcionarão as atividades consideradas essenciais. Entre os serviços suspensos estão as visitas aos 11 mil presos e escoltas.

A decisão pela paralisação foi tomada em assembleia. “De acordo com a categoria, o ato é um alerta diante da morosidade com que o governo do Estado tem tratado as reivindicações da classe”.

Os problemas estariam principalmente na questão do chamamento dos aprovados no último concurso. Os servidores querem celeridade nos procedimentos referente ao Termo de Ajustamento de Conduta para resolver os impasses.

Em uma reunião entre representantes do sindicato, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Ministério Público e Procuradoria Geral do Estado, realizada no último dia 28, ficou estabelecida a construção de um TAC, mas sem um prazo para ser concluída. A categoria reclama do baixo efetivo nas unidades.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)