Polícia

Acusado de esfaquear e ameaçar companheira é preso pela Polícia Civil em Sorriso

A Polícia Civil prendeu, hoje, um homem de 30 anos investigado pelos crimes de lesão corporal e ameaça contra sua companheira. Os investigadores do Núcleo de Defesa da Mulher e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso localizaram o acusado no bairro São Domingos, onde cumpriram o mandado de prisão preventiva decretado pela 2ª Vara Criminal.

Segundo a Polícia Civil, o investigado agrediu a companheira, com quem tem três filhos, com um golpe de faca que atingiu a nádega da vítima. O fato foi registrado no início deste mês, na residência do casal, quando ele chegou embriagado e tentou agredir fisicamente a companheira jogando uma cadeira na direção dela, além de xingá-la.

De acordo com a Polícia Civil, com medo, a vítima correu em direção ao quintal da casa, mas o suspeito conseguiu alcançá-la e desferiu a facada. Os filhos presenciaram as agressões e a vítima foi posteriormente socorrida por vizinhos.

Além das agressões, o suspeito ainda disse a uma amiga da companheira, que também foi ameaçada, que da “próxima vez” mataria a mulher. Com as informações coletadas em inquérito instaurado, o delegado Márcio Henrique Portela representou pela prisão preventiva do investigado, com manifestação favorável do Ministério Público, e deferida pelo juiz Anderson Candiotto, que considerou o iminente risco à vida da vítima diante da conduta reiterada do suspeito.

Conforme divulgado pela assessoria da Polícia Civil, o acusado já havia sido preso, no ano passado, pelo mesmo crime de violência doméstica. “Já possuía um histórico e tinha uma medida protetiva contra ela. Já tinha sido preso pelo mesmo crime. A violência começa com pequenos xingamentos, lesões até chegar em femínicidio como já tivemos em Sorriso”, disse Portela.

Redação Só Notícias (fotos: Só Notícias/Lucas Torres)